Para Neto, o Corinthians foi ‘roubado’ na vitória sobre o Guaraní, do Paraguai, por 2 a 1, que eliminou o alvinegro na fase preliminar da Libertadores. Questionando tanto a expulsão de Pedrinho quanto a falta que originou o gol paraguaio, o apresentador do Os Donos da Bola ainda culpou o goleiro Cássio pela queda do time na competição sul-americana.

“O Corinthians foi roubado. Meteram a mão no Corinthians. O Corinthians jogou mal no primeiro tempo? Fez 2 a 0 quando estava com dez jogadores. O Pedrinho não era para ser expulso. A falta do Gil não existiu (…) No gol, que foi um frango do Cássio, não foi falta”, disparou o ex-jogador na abertura do programa de hoje.

“Aonde existiu a falta? Foi falta do atacante, que chuta a perna do Gil e se joga. O Gil não faz nada. Roubaram o Corinthians. Tiraram o Corinthians da Libertadores”, completou.

Já sobre a expulsão de Pedrinho, Neto afirmou que o meia-atacante foi ‘infantil’, mas não o responsável pela eliminação corintiana. Este posto, segundo o apresentador, é do goleiro Cássio.

“Ele (Pedrinho) foi infantil em dar a bicicleta? Foi infantil. Ele prejudicou o Corinthians? Prejudicou. (…) Não era para expulsar o menino”, opinou o ídolo alvinegro, que seguiu:

“Pedrinho, você errou. Que isso sirva de lição para você. Mas o Corinthians não perdeu por causa de você. Para mim, perdeu por causa do Cássio, que tomou um frango”.

Fora da Libertadores, o Corinthians se prepara para enfrentar o São Paulo, neste sábado, às 19h, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Os Donos da Bola – 13/02/2020 – Programa completo